6 Passos para planejar uma viagem inesquecível

como planejar uma viagem?

6 Passos para planejar uma viagem inesquecível

admin 2 de maio de 2020 218 Visualizações 0 Comentários Sem categoria

Se você está aproveitando o tempo livre para planejar a sua próxima viagem, por ser a sua primeira vez ou então por ter dado tudo errado da última vez, esse artigo foi feito pensando em você. Aqui nós traremos algumas dicas e recomendações para facilitar a sua vida na próxima aventura. Uma vez que planejar uma viagem inteira sozinho pode ser um tanto quanto chatinho.

 

1. Escolhendo o destino. 

O primeiro passo é provavelmente o mais difícil de todos. Como decidir entre as deliciosas montanhas ou as relaxantes praias, talvez um centro histórico? Não existe muita regra para escolher o destino, o importante é se divertir. Mas caso você já não tenha mais ideia de lugares para visitar ou então quer algo diferente, uma boa dica é ficar de olho em séries, novelas, filmes e documentários. Isso porque, em meio ao enredo, pode estar escondida uma pérola. Fique atento ao lugar onde se passa a história ou viagens que os personagens fazem ao longo da história, também não perca de vista canais de TV que transmitem documentários sobre lugares do Brasil e do mundo, seja com foco em esportes ou no próprio lugar.

 

2. Como escolher o melhor lugar para se hospedar?

Escolher um bom lugar para se hospedar pode ser mais fácil do que parece, existem alguns pontos que devem ser considerados para que você possa ao mesmo tempo reservar um espaço confortável e que atenda suas necessidades. Primeiro, leve em consideração qual tipo de viagem pretende fazer: uma viagem mais focada em passeios durante todo o dia não demanda um hotel extremamente luxuoso e com intermináveis opções de lazer, ao passo que uma viagem mais voltada para o relaxamento pode exigir uma piscina ou mesmo uma hidromassagem no hotel. Procure pensar no quanto você está disposto a abrir mão do luxo na hospedagem para investir em transporte ou passeios mais custosos, por exemplo.

Leve em consideração também as diversas formas de hospedagem que existem nos tempos de hoje e qual funciona melhor para o tipo da sua viagem, se é uma viagem em família, com amigos ou sozinho. Pegando carona nesse tópico, não se esqueça de comparar os preços nos sites que oferecem esse tipo de serviço, além disso, tente também arriscar uma ligação para os hotéis, as vezes uma negociação direta pode render descontos.

Agora uma dica de ouro: sempre gaste um tempinho a mais olhando as fotos do banheiro do lugar, isso porque um banheiro bem cuidado normalmente indica um espaço administrado com zelo.

 

3. Como fazer o roteiro de lugares para conhecer?

Com as etapas básicas concluídas com êxito, vamos montar o seu roteiro! Tenha em mente quais são os passeios que você não pode deixar de fazer naquele determinado destino. Em seguida, distribua-os ao longo dos dias e preencha os espaços com outros passeios e lugares de acordo com a proximidade, a ideia é otimizar seu tempo para que você consiga aproveitar ao máximo seu tempo. Para descobrir essas programações, uma boa ideia é procurar por artigos contendo conteúdo relacionado ao lugar que você pretende visitar como, por exemplo, o roteiro que se propõe a ajudar ao se planejar uma viagem do que fazer em Vitória – ES, que você pode conferir clicando neste link. Toda a pesquisa nessa etapa é útil, tanto para não chegar totalmente perdido ao destino quanto para orientar outras decisões nas próximas etapas.

 

4. Quanto de dinheiro devo levar?

Planejar uma viagem também é se organizar financeiramente, ou seja, essa é uma dúvida que sempre paira sobre a cabeça dos viajantes de plantão. Para facilitar o seu cálculo, considere os passeios que você pretende fazer e quanto irá gastar seja pagando para entrar ou com eventuais consumações. Por exemplo, mesmo que você vá à praia, que não é necessário pagar para entrar, provavelmente irá gastar com água de coco ou aluguel de guarda-sol.

Agora, aproveite a pesquisa feita no tópico anterior e verifique a média de preços das opções disponíveis para as refeições, não é necessário ser um cálculo extremamente preciso, mas sim para te dar um norte. Por último, mas não menos importante, leve em consideração os meios de locomoção que você precisará usar e seus respectivos valores, da mesma forma, fique atento a passes que podem comprados com antecedência e o que só podem ser adquiridos na hora.

Com essa estimativa de valor em mãos, acrescente uma quantia para eventuais contratempos que possam surgir. Ah! E não se esqueça de guardar um pouco para as lembrancinhas de quem ficou. Ao mesmo tempo, considere as melhores opções para carregar esse valor consigo, por exemplo, quanto levará e quanto usará no débito.

 

5. Como arrumar a mala de acordo com o local?

Chegou a hora da tensão pré-viagem, a euforia está tomando conta de você e os nervos estão ficando à flor da pele. Mas vamos manter o foco, avalie o clima do seu destino bem como as atividades que você irá realizar ao longo do dia. Uma boa tática é pensar em quantas vezes você irá trocar de roupa no decorrer do de cada dia e ter ainda ao menos uma muda de roupa extra a sua disposição, caso aconteça algum inconveniente. Calçados? Atenha-se apenas ao necessário, exageros só vão fazer a mala ficar mais pesada. O mesmo vale para as roupas.

Um bom lembrete é levar algumas peças de roupa consigo em uma mochila ou bolsa, especialmente quando sua mala é despachada em voos que haverão conexões com troca de avião. Isso porque, minimiza o estrago caso aconteça algum tipo de imprevisto com a sua mala. Coloque apenas o necessário, uma peça íntima, uma blusa e mais uma peça importante.

 

6. Precauções para não perder a hora do embarque.

Esse tópico é especialmente para quem pretende viajar de avião. Caso seu voo seja em horário de pico no trânsito, procure sair com uma antecedência maior do que a recomendada pela companhia aérea contratada. Além disso, procure finalizar a arrumação da mala com no mínimo 4 horas de antecedência da partida, isso irá minimizar o risco de esquecer alguma coisa para trás. Esta última dica vale para viagens de carro, ônibus ou avião. Do mesmo modo, esteja sempre consciente da necessidade de se chegar com antecedência no caso dos dois últimos meios de transporte.

 

Bônus: Viagem com crianças.

Viajar com sua criança não tem mistério, só precisa de um pouco mais de atenção. No caso do roteiro, procure equilibrar entre passeios que sejam agradáveis para os adultos e outros para as crianças, assim todos saem felizes. Quanto ao meio de transporte, esteja ciente que talvez seja uma boa ideia parar uma quantidade razoável de vezes para que a criança não canse da viagem e acabe estragando a experiência dos pais. Tente também procurar hospedagens que atendam às necessidades que você terá junto à criança.

 

Em posse dessas dicas, planejar uma viagem inesquecível ficou mais fácil. Um dos objetivos da T4 é contribuir para que a sua viagem seja aconteça da melhor forma possível, seja com dicas como as desse artigo ou serviços para facilitar sua viagem. Oferecemos o serviço de translado com destino e saindo do aeroporto de Vitória, além do fretamento de ônibus e micro-ônibus para viagens intermunicipais e interestaduais.

WhatsApp Chat
Envia via WhatsApp